Documento, por definição, constitui toda informação registrada com valor referente a um indivíduo em um suporte físico ou digital como o RG, CPF, CNH, passaporte, certidão de nascimento, casamento, título de eleitor, etc. 

Em contrapartida, a identidade é o conjunto dessas informações específicas que caracterizam e identificam uma pessoa, tornando possível individualizá-la. Ou seja, são dados que distinguem uma pessoa da outra.

No Brasil, o RG (Registro Geral) na União e o CPF (Cadastro de Pessoa Física) na Receita Federal são documentos que formam a identidade de um brasileiro e são necessários para ter o acesso a direitos e serviços essenciais de saúde, educação, transporte e serviços bancários.

Entenda qual a diferença entre documento e identidade, para que servem e porque é essencial no dia a dia dos brasileiros. 

Para o que servem os documentos? 

Os documentos fazem parte do dia a dia de qualquer pessoa em todas as instâncias e são direito de todo cidadão, necessários para realizar atividades que garantam a qualidade de vida dos brasileiros e sua participação econômica na sociedade, como:

  • Abrir uma conta no banco;
  • Solicitar cartão de crédito;
  • Matricular-se em uma instituição de ensino;
  • Adquirir bens e serviços;
  • Transitar em veículos de transporte;
  • Aplicar para uma prova ou concurso público;
  • Ter acesso à saúde pública ou privada;
  • Fazer uma viagem nacional ou internacional etc. 

Por isso, existem alguns documentos obrigatórios que todos os cidadãos brasileiros precisam ter: RG, CPF e CNH (facultativo para maiores de 18 anos, que desejam dirigir. 

RG (Registro Geral)

Conhecido como carteira de identidade, o RG é um documento que reconhece o cidadão brasileiro e contém as principais informações necessárias para identificação: nome completo, nome dos pais, data de nascimento, região onde nasceu e um número que representa o RH. 

CPF (Cadastro de Pessoa Física)

O CPF é um documento feito pela Receita Federal que serve como meio de controle do órgão para identificar os contribuintes no Imposto de Renda. No documento constam 11 dígitos numéricos, o nome completo e a data de nascimento.  

CNH (Carteira Nacional de Habilitação)

A CNH é uma carteira de habilitação para dirigir veículos em território nacional. Mas para que o motorista possa solicitar e tirar uma carteira de habilitação é preciso ser maior de 18 anos e passar nas provas propostas pelo DETRAN. 

As informações que constam na CNH são: nome completo, RG e CPF, nome do pai e da mãe, o número de registro da habilitação e a validade do documento. 

Mas o que é a identidade, afinal? 

A identidade física dos cidadãos brasileiros é formada pelo conjunto das informações pessoais que identificam e provam a identidade de uma pessoa perante os órgãos públicos e privados. 

Os documentos não precisam necessariamente serem físicos, com a digitalização de processos e adesão dos usuários a plataformas digitais, existem soluções que unificam os registros de forma digital e projetos do próprio governo como o DNI (Documento Nacional de Identidade).

O DNI é uma carteira de identificação digital que reúne os dados de identificação do usuário por meio de um aparelho celular. Embora seja uma iniciativa do governo de facilitar a identificação dos brasileiros, o projeto não garante a validação das informações contidas. 

MeuID: aplicativo de identidade digital

O MeuID é uma identidade digital e reúne os principais documentos que são necessários para constituir a identidade do cidadão. Além disso, faz uma validação dessa identidade para assegurar que a pessoa é quem diz ser. 

Os documentos de RG, CPF e a CNH, essenciais utilizados rotineiramente para ter acesso a serviços no dia a dia, são armazenados no aplicativo do MeuID e podem ser compartilhados com outras instituições e outras pessoas.

A validação da identidade no MeuID é feita por meio de ferramentas digitais como o Face Match, de reconhecimento facial, uma solução que associa o usuário à foto dos documentos enviados.

Dessa forma reduzem-se os riscos de perda de documentos, aumenta a segurança dos usuários quanto a possibilidades de roubos e dificulta golpes de fraude de identidade. 

Além de reduzir o trâmite burocrático de processos que fazem parte desses serviços de forma segura e automatizada aumentando a praticidade na vida das pessoas. 

Baixe ou acesse o MeuID agora mesmo para aderir ao movimento da identidade digital e aproveitar todos os benefícios do app!

Deixe um comentário