O FGTS é um fundo de garantia do trabalhador de carteira assinada, criado pelo governo federal para resguardar o indivíduo como uma forma de reserva financeira. Para que o trabalhador monitore e acompanhe a reserva, é possível consultar o saldo do FGTS pelo CPF.

Esse saldo corresponde a soma dos  valores mensais depositados pela empresa contratante e equivale a 8% da remuneração bruta paga no mês anterior (com exceção de contratos de aprendizagem (2%) e trabalhadores domésticos (11,2% – 8% depósito mensal e 3,2%, antecipação do recolhimento rescisório). 

O saque do dinheiro do FGTS pode ser feito a qualquer momento, mediante as condições previstas em lei. Ter essas informações em mãos resguarda o trabalhador de que a empresa está depositando o valor correto, conforme o tempo de trabalho. 

Além disso, coloca o trabalhador no centro de controle das suas finanças, influenciando diretamente sua qualidade de vida.

Continue a leitura para saber mais sobre esse fundo de garantia e como consultar o FGTS pelo CPF.

O que é FGTS?

O FGTS, Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, é um direito do trabalhador sujeito às Consolidações das Leis do Trabalho (CLT), ou seja, que trabalha com carteira assinada. 

Foi criado pelo governo federal em 1966, pela lei n.º 5.107, e hoje é regido pela lei n.º 8.036, com o objetivo de assegurar o trabalhador no vínculo empregatício em casos de demissão por justa causa e criar um patrimônio para garantir a qualidade de vida do trabalhador.

Por lei, as empresas ficam obrigadas a depositar em uma conta bancária vinculada a quantia de 8% da remuneração paga no último mês sendo o salário bruto, acréscimos de horas extras, bonificações legais, adicional noturno, comissões, entre outros. 

Consultar o FGTS pelo CPF

Existem duas formas de consultar o FGTS pelo CPF sendo pelo site e aplicativo do FGTS.

Site

No site do FGTS existe uma área para o trabalhador consultar o saldo do FGTS clicando em “Acompanhe o saldo do seu FGTS”.

A partir daí, basta inserir o seu CPF e cadastrar uma senha, preenchendo os campos com dados pessoais, e criar a senha. Ao concluir o cadastro, você será redirecionado para a página de acesso ao saldo do FGTS e basta inserir o CPF e a senha cadastrada.

No site também, você consegue cadastrar o seu número de celular para receber atualizações mensais do saldo do seu FGTS. 

Aplicativo do FGTS

O aplicativo do FGTS pode ser encontrado gratuitamente na App Store ou no Google Play Store, dependendo do seu dispositivo móvel. 

Ao baixar o aplicativo, basta se cadastrar e inserir os dados pessoais solicitados de CPF, nome, data de nascimento e e-mail. 

Em seguida, você receberá uma confirmação no e-mail registrado que vai te redirecionar para o aplicativo, onde você realizará o cadastro com CPF e senha. Daí em diante, é só encontrar o “Meu FGTS” para ter acesso ao saldo e extrato. 

Atenção aos golpes no FGTS com o CPF

A ausência de validação de identidade para acesso ao FGTS faz com que o processo fique sujeito a possíveis fraudes e golpes

Como tudo que o criminoso precisa é do CPF, criam-se falsos cadastros no site ou aplicativo da Caixa Econômica Federal. Mesmo com estratégias do governo de reduzir esse número, inserindo algumas perguntas específicas durante o cadastro para acesso FGTS, muitos criminosos conseguem driblar. 

É importante redobrar os cuidados com o compartilhamento dos documentos e dados pessoais para não se expor a esse tipo de situação

Existem ferramentas de identificação digital seguras que colocam o usuário no controle dos seus dados pessoais. O MeuID, por exemplo, permite o armazenamento com segurança dos principais documentos de uso no dia a dia do brasileiro como CPF, RG e CNH.

Por meio do MeuID, também é possível verificar a situação cadastral do seu CPF junto a Receita Federal, visto que um CPF irregular dificulta o acesso do cidadão a muitos benefícios do governo. 

Baixe o aplicativo, conheça o MeuID e tenha o controle dos seus dados pessoais.

Avatar
Autor

Deixe um comentário