Empréstimo pessoal ou empréstimo consignado são linhas de crédito que os brasileiros costumam usar com frequência. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Google Surveys, mais de 50% dos brasileiros solicitam algum tipo de empréstimo para terminar de pagar as contas no final do mês.

As opções de crédito disponíveis no mercado são tantas que na hora do aperto é difícil escolher a melhor alternativa. No entanto, uma decisão equivocada pode causar alguns transtornos no futuro, como juros altos, dificuldade para pagar a dívida e até bloqueio de bens. 

Neste artigo, você vai conhecer as diferenças entre as principais alternativas do mercado e decidir qual a melhor opção: empréstimo pessoal ou empréstimo consignado.

Empréstimo pessoal ou empréstimo consignado: quais são as diferenças entre as duas opções?

Todos os anos milhares de brasileiros solicitam um empréstimo para terminar de pagar as contas no final do mês, em 2020 não foi diferente. A pandemia agravou a crise financeira pela qual diversos brasileiros vinham passando. 

Com o aumento no número de demissões e sem alternativas, 53% da população recorreu a um crédito financeiro para conseguir pagar as contas. Além disso: 

  • 19% decidiu investir em um negócio próprio
  • 7% usou o dinheiro para comprar um veículo
  • 5% para reformar o imóvel
  • 4% solicitou um empréstimo para fazer compras 
  • 3% para comprar um imóvel. 

Se você também pretende solicitar um empréstimo, continue lendo este artigo para entender melhor sobre os principais tipos e escolher a melhor opção. Acompanhe!

Empréstimo pessoal

O empréstimo pessoal é uma modalidade de crédito que você contrata diretamente com a instituição financeira. Uma das características desse tipo de empréstimo é que não é necessário informar como você vai usar o dinheiro. Por isso, o empréstimo pessoal pode ser contratado para qualquer objetivo.

Ou seja, você pode usar seu empréstimo para quitar dívidas, viajar, fazer um curso, investir em um novo negócio etc. 

Quais são os benefícios de fazer um empréstimo pessoal?

  • é a opção ideal para resolver emergências, pois o processo de aprovação costuma ser mais rápido;
  • você tem autonomia para decidir como e onde vai gastar o dinheiro, não precisa definir uma finalidade;
  • comparado com outros tipos de créditos, como o saque do cartão de crédito ou cheque especial, oferece melhores taxas.

Os critérios de liberação do empréstimo podem variar de acordo com cada empresa. Em geral, é necessário informar os dados pessoais e alguns comprovantes, como de renda e de residência. A empresa avalia o seu perfil, o valor solicitado e faz uma análise que vai resultar na aprovação ou reprovação do crédito. 

Em alguns casos, o pedido é reprovado e em outros a empresa pode informar que um valor mais baixo foi disponibilizado. Além disso, o banco também vai informar em quantas parcelas o empréstimo pode ser pago e as taxas que incidem sobre o valor. Todos esses critérios variam de acordo com a financeira

Empréstimo consignado

O empréstimo consignado é uma modalidade que costuma ser ofertada por empresas que trabalham especificamente com crédito, mas também pode ser encontrada em bancos e outras financeiras.

A principal característica do empréstimo consignado é a sua forma de pagamento e garantia, o salário ou benefício do cliente, como aposentadoria ou pensão. Dessa forma, você contrata o empréstimo e a parcela é descontada em sua folha de pagamento ou conta de benefício. 

Ou seja, você não faz o pagamento para a empresa de crédito. A instituição pagadora do salário ou benefício faz a transferência da parcela. 

O empréstimo consignado também tem um limite pré-definido, de acordo com a Lei 10.820/2003. A quantia não pode ultrapassar 35% da sua renda total. A empresa considera os descontos que incidem sobre o seu salário ou benefício e outros empréstimos contratados para fazer o cálculo. 

Quais são os benefícios de fazer um empréstimo consignado?

  • taxas menores e juros pré-fixados – não mudam até o final do contrato;
  • aprovação e liberação do empréstimo para pessoas negativadas,
  • maiores prazos para pagamento – funcionários da iniciativa privada têm até 60 meses para pagar.

Para fazer um empréstimo consignado, você precisa atender alguns critérios:

  • ser funcionário público (municipal, estadual ou federal);
  • ser aposentado ou pensionista do INSS;
  • ser militar das Forças Armadas;
  • trabalhar em uma empresa privada com carteira assinada.

Além disso, a análise de crédito vai avaliar outros critérios:

– você deve ter entre 18 e 80 anos;

– fazer parte de um dos critérios listados anteriormente;

– estar vinculado a uma fonte pagadora (empresa ou INSS) conveniada com a financeira onde está solicitando o empréstimo;

– se há margem de empréstimo disponível para você;

– avalia se há outros empréstimos consignados no seu nome.

Depois de aprovado, você deve assinar um contrato de averbação. Esse documento é uma garantia de reserva da parcela que será descontada da sua conta e é necessário para que o empréstimo seja liberado. O valor da parcela do pagamento será descontada em sua conta e registrado em contracheque para comprovar que as parcelas estão sendo pagas. 

Saber qual é a melhor opção entre empréstimo pessoal ou empréstimo consignado vai depender das suas necessidades e características do seu perfil. No aplicativo do MeuID, você pode solicitar seu empréstimo pessoal ou empréstimo consignado facilmente e sem sair de casa. Basta acessar o app, ir até a aba de serviços e escolher um de nossos parceiros. Acesse agora o MeuID e faça já a sua simulação.

Avatar
Autor

Deixe um comentário