Vazamento de dados se tornou uma situação comum na internet. Dificilmente alguma pessoa que utiliza um serviço online não teve seus dados expostos ou vulneráveis, mas poucas pessoas sabem se seus dados já foram vazados. As empresas não notificavam seus clientes e usuários de seus serviços quando um vazamento acontecia. 

A criação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) mudou isso. A lei determina que a empresa notifique os clientes sempre que um vazamento de dados for identificado. Caso não cumpra com essa e outras determinações, a empresa pode sofrer punições, como pagamento de multas e responder a processos. 

O dono dos dados também precisa estar atento aos vazamentos e não depender apenas das empresas para se certificar de que suas informações não foram expostas. Pensando nisso, listamos alguns recursos que te ajudam a saber se seus dados já foram vazados. Confira!

6 formas de saber se seus dados já foram vazados na internet

Have I Been Pwned

Esse é um dos recursos mais antigos que verifica se as senhas do usuário já foram vazadas. O sistema usa o próprio e-mail do usuário para pesquisar nas bases de dados que já foram expostas em mais de 300 sites e verificar se a senha foi roubada em algum ataque conhecido. 

De acordo com o próprio Have I Been Pwned, já foi identificado que mais de 5 milhões de usuários tiveram seus dados vazados. Para descobrir se os seus dados já foram vazados, acesse a plataforma e digite seu e-mail no campo de busca principal. Junto com o resultado, o serviço também oferece dicas para proteger seus dados na internet.

PassProtect

A solução foi criada em parceria com o Have I Been Pwned e utiliza o mesmo método de verificação. O sistema conta com uma extensão, que compara o e-mail do usuário com os dados que foram publicados em repositórios públicos. Com base nesses resultados, o usuário consegue saber se seus dados já foram roubados.

A vantagem desse serviço, em comparação com o anterior, é a facilidade de uso. Por ser uma extensão do Chrome, é adicionada ao navegador do usuário, podendo ser acessada em um clique.

Firefox Monitor

O serviço da Mozilla é outro recurso que faz o rastreio de dados vazados por meio do e-mail. A solução tem parceria com o Have I Been Pwned e Cloudfare, que aumentam as possibilidades de análise de dados e ajudam a apontar possíveis violações. 

Uma das maiores vantagens do recurso é que ele permite que o usuário crie um alerta avisando sobre novos ataques envolvendo seus dados. 

LastPass

A extensão do Chrome faz uma verificação de dados vazados de forma automática. A ferramenta funciona como um validador de senhas, mostrando se as senhas do usuário são repetidas e fáceis de adivinhar ou se fazem parte dos logins expostos na internet. Além disso, facilita a alteração da senha, oferecendo uma combinação forte.

Minha Senha

Na lista dos serviços temos dois recursos brasileiros. O primeiro é o Minha Senha, desenvolvido pela empresa de monitoramento de riscos, a Axur. O serviço verifica se as informações do usuário foram expostas em algum banco de dados de fraudes. 

Como o Minha Senha é uma plataforma brasileira, reúne dados de vazamentos em sites e serviços nacionais. Diferentemente dos outros serviços que apresentam informações sobre vazamentos internacionais. Com isso, você tem mais chances de encontrar vazamentos em que suas informações foram expostas. 

MeuID

O segundo serviço brasileiro é o aplicativo MeuID. Com essa solução, você consegue verificar se os seus dados estão atrelados a algum serviço que sofreu com vazamento de dados. Por ser um aplicativo, você tem acesso a essas informações na palma da mão e pode consultar sempre que quiser.

A principal vantagem do MeuID, comparado com os outros serviços, é que ele não informa apenas sobre vazamentos de login e senha. Você também pode consultar multas em sua CNH, verificar a situação do seu CPF junto a Receita Federal e fazer um login seguro no serviço das empresas parceiras. 

Além disso, pode usar o aplicativo para compartilhar suas informações de forma segura. Basta gerar um link com os dados que deseja compartilhar e enviar para quem você quiser.

O compartilhamento é totalmente seguro, apenas a pessoa com o link consegue acessar e você pode criar camadas de segurança, como definir uma senha de acesso e limitar o tempo de visualização, depois do prazo o link é expirado. Baixe o MeuID e confira todos os recursos que o aplicativo oferece.

Avatar
Autor

Deixe um comentário